Você está aqui: Blog Vantagens do Alumínio na Construção

Vantagens do Alumínio na Construção

E-mail Imprimir PDF
Avaliação do Usuário: / 2
PiorMelhor 

O alumínio desfruta de excepcional posição no mercado mundial de arquitetura e construção civil por várias características que o diferenciam bastante de outros materiais.

Leveza

Uma das propriedades mais interessantes do alumínio é sua baixa densidade, aproximadamente 1/3 da densidade do aço e de outros metais utilizados normalmente pela indústria.
Essa propriedade torna as esquadrias, fachadas e estruturas de alumínio muito mais leves do que as correspondentes em aço.
Componentes mais leves propiciam infraestruturas mais leves, mais econômicas, mais fáceis de projetar e executar.
Esquadrias mais leves tornam a fabricação, o manuseio, o armazenamento, o transporte, a instalação e até utilização mais fáceis e mais econômicos.

Comportamento estrutural

As ligas de alumínio utilizadas na fabricação de esquadrias e fachadas apresentam propriedades mecânicas absolutamente adequadas a essa aplicação, mesmo nas condições mais rigorosas.
Esquadrias e fachadas de alumínio tem sido utilizadas, já há muitos anos, em regiões do mundo sujeitas a terremotos, furacões e outros fenômenos naturais de grande impacto sobre as edificações. Os edifícios mais altos do mundo também utilizam esquadrias e fachadas de alumínio sem quaisquer problemas estruturais.
As ligas chamadas de média resistência, como ABNT 6061 e a ABNT 6351, utilizadas em estruturas de alumínio, apresentam propriedades mecânicas equivalentes àquelas dos aços utilizados normalmente pela indústria.

Resistência a corrosão

Graças a um fenômeno natural bastante simples, o alumínio apresenta uma forte resistência natural à corrosão.
Quando uma nova superfície de alumínio é exposta ao oxigênio do ar, ocorre rapidamente uma reação de oxidação, com a formação de uma camada fina superficial de óxido de alumínio. Essa camada isola o metal do contato com o oxigênio e interrompe o processo. Quando a camada é retirada por qualquer processo, ela se forma novamente.
Essa resistência natural à corrosão pode ser ainda melhorada através de acabamentos de superfície como a anodização e a pintura eletrostática a pó.

Trabalhabilidade

O alumínio é um dos metais mais facilmente trabalhavéis.
Ele pode ser transformado por praticamente todos os processos desenvolvidos pelo homem para trabalhar os metais. E, adicionalmente, pode ser trabalhado por processos muito especiais, como é o caso da extrusão.
Através da extrusão podem ser obtidos perfis de alumínio com seções transversais muito complexas, o que propicia o desenvolvimento de esquadrias, fachadas, estruturas e outros produtos com comportamentos muito interessantes. A extrusão permite otimizar perfis e conjuntos de perfis sob os mais diversos aspectos, como comportamento estrutural, facilidade de fabricação e montagem, vedação , aparência, funcionamento.

Aspecto agradável

O alumínio é tido pela maioria das pessoas como um material nobre e inalterável, de aspecto agradável e limpo.
Essa característica é automaticamente transferida para os produtos de alumínio, sejam eles esquadrias, fachadas, bens de consumo, carrocerias.
Revestimentos de alumínio, em chapas ou páineis compostos, são utilizados largamente em edifícios para os quais os arquitetos pretendem estabelecer um aspecto de modernidade.

Disponibilidade

Produção, consumo e reciclagem de alumínio no mundo estão equilibrados ao redor de 40 milhões de toneladas por ano.
No Brasil, entretanto, há uma disponibilidade enorme. São produzidas anualmente cerca de 1,6 milhão de toneladas, com o consumo situando-se ao redor de 1 milhão toneladas.
Considerando-se o volume reciclado, são exportadas cerca de 800 mil toneladas por ano.

Tecnologia

Tecnologia atualizada para utilizar alumínio em arquitetura e construção civil está absolutamente disponível no Brasil. Pode-se utilizar no país quaisquer dos recursos disponíveis a nível mundial.
Há no mercado especialistas em fachadas e esquadrias com experiência e conhecimento para trabalhar as mais ousadas idéias. Os principais fabricantes de esquadrias dispõem de pessoal, equipamentos e procedimentos para tornar concretas essas idéias.
Uma novidade mais recente são recursos eletrônicos (software) para desenvolvimento de projetos. Esses recursos facilitam o trabalho de projeto e melhoram muito a confiabilidade.

Possibilidade de vários acabamentos

Para garantia de aspecto agradável e uniforme, o alumínio pode receber acabamento de superfície por anodização e por pintura eletrostática a pó.
O metal pode ser anodizado em várias cores, com total garantia de inalterabilidade mesmo em aplicações nos ambientes mais agressivos.
Pode tambem ser pintado, em praticamente qualquer cor, com as mesmas garantias da anodização.
Para os dois tipos de acabamento há capacidade instalada no país e há fornecedores com experiência para assegurar qualidade a nível internacional.

Reciclabilidade

O alumínio é 100% reciclável e praticamente 100% reciclado. É muito raro encontrar-se retalhos de alumínio descartados na natureza. O exemplo mais visível é o das latas de alumínio utilizadas para cervejas e refrigerantes, que são coletadas e levadas para reciclagem imediatamente após sua utilização.
Com alguns pequenos cuidados, o alumínio pode ser reciclado infinitas vezes, sem perder quaisquer de suas propriedades originais. De fato, quando se analisa um produto de alumínio, seja uma lata, uma esquadria ou uma auto peça, não é possível determinar qual a percentagem de alumínio primário e qual a percentagem de alumínio reciclado foram utilizadas em sua produção.
O processo de reciclagem utiliza apenas 5% da energia necessária para a produção primária do metal. A reciclagem de uma única lata de refrigerante propicia economia de energia elétrica suficiente para fazer funcionar um televisor comum por mais de duas horas.

Últimos Tweets

  • Carregando...

Atendimento Online